terça-feira, 7 de agosto de 2007

Síndrome de Peter Pan em Sistemas de Informação


Recentemente, dois renomados pesquisadores (Monod & Boland) questionaram a existência da síndrome de Peter Pan na disciplina de Sistemas de Informação (SI). Na psicologia a recusa em crescer tem um nome – Peter Pan - e se aplica a milhares de adultos que refutam assumir responsabilidades pelo próprio futuro e de não se desenvolverem como tais.

Para estes autores, a disciplina de SI não vai crescer, a menos que rompa com a sua própria história, ou seja, chegou o tempo de SI parar de repetir sua história e a história da física clássica. Assim, enquanto o prêmio Nobel Neisenberg, referindo-se à física, disse que não podemos escapar da interpretação, em SI o pensamento dominante é o de se apoiar nos princípios de causalidade e objetividade, em defesa da racionalidade e de decisões ideais.

Causalidade é a crença na determinação, ou seja, para se descrever um fenômeno devemos nos apoiar na análise de causas. Assim, o princípio da causalidade nos leva a explicação dos fenômenos, isto é, a previsão com certeza. Na física contemporânea, causalidade e objetividade foram substituídas por relações de incertezas e pelo princípio da complementaridade.

Por conta disto, as críticas recentes feitas a disciplina de SI são as de que estamos produzindo um conhecimento que não resolve problemas práticos, visto que se quer saber de tudo sobre o nada. A crença da disciplina de SI na racionalidade e a existência física de nosso objeto de pesquisa nos deixam cegos sobre nosso envolvimento em trazer à tona nosso objeto de pesquisa e nossas limitações sobre o que se pode conhecer.

Portanto, enquanto na física se questiona a objetividade, em SI continuamos defendendo a racionalidade e a objetividade. Embora Herbert Simon, outro Prêmio Nobel na área de Economia, tenha tratado da racionalidade limitada, é lamentável que na área de SI, a racionalidade nunca é questionada ou confrontada na prática. Enquanto consumidores de uma literatura baseada em suposições positivistas, principalmente de origem Americana, dificilmente alcançaremos, pelo menos ao curto prazo, o desaparecimento da síndrome de Peter Pan em SI.

4 comentários:

Renato Silva disse...

O que dizem os pesquisadores brasileiros desta área? Estâo avançando ou mais do que debilitados com esta síndrome?

Thales disse...

O SI eh mto importante! Porem so ira crescer quando levar em consideracão as ciencias sociais, valorizando a interpretacao humana! Pois n podemos mais ficar somente na aplicação d metodos tecnicos(objetividade, causalidade)

Ricardo Ribeiro disse...

Esta síndrome de peter pan, a meu ver, tem pontos em comum com os problemas enfrentados pela área temática de SI chamada de desenvolvimento, pois o determinismo técnico e as raízes positivistas ainda predominam na literatura nos livros sobre SI, impedindo que essa ciência evolua.

Keke Roseberg disse...

Bom dia Prof. José Rodrigues,

Gostaria de parabenizá-lo pela iniciativa de expor seus trabalhos e opiniões à comunidade da internet. Tenho que certeza que será um grande passo em direção da criação de novas produções e interação com pesquisadores e alunos.